Wall Street despenca e índices têm maiores quedas desde março

Por Lewis Krauskopf(Reuters) – As bolsas de valores dos Estados Unidos afundaram nesta sexta-feira com vendas generalizadas de ações de tecnologia. O índice S&P 500 teve a maior queda semanal desde março, uma vez que receios sobre as tensões comerciais EUA-China e a trajetória dos juros abalaram Wall Street.O Dow Jones caiu 2,24 por cento, para 24.388 pontos, o S&P 500 perdeu ou 2,33 por cento, a 2.633 pontos e o Nasdaq recuou 3,05 por cento, para 6.969 pontos.O S&P 500 praticamente apagou todos os seus ganhos de uma semana atrás, quando teve o maior ganho semanal em sete anos. Após uma trégua firmada no fim de semana entre Washington e Pequim, as negociações na bolsa tiveram forte volatilidade durante toda a semana, à medida que investidores buscavam sinais de que as nuvens da tensão comercial se dissipariam.Mas o receio com a tensão comercial EUA-China voltou após comentários de Peter Navarro, assessor econômico da Casa Branca, de que autoridades dos EUA aumentarão tarifas se os países não conseguissem fechar um acordo durante os 90 dias de negociações.Além do comércio, Wall Street tem focado no rendimento dos títulos e a direção da política monetária do Federal Reserve, com alguns investidores esperando Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!