Quebra do banco Lehman Brothers completa 10 anos; relembre a crise de 2008

Ano foi marcado por nervosismo nos mercados financeiros, mas crise se alastrou para a chamada ‘economia real’; analistas apontam que efeitos indiretos são sentidos ainda hoje. Manifestante pede a organização em cartaz: ajude comunidades, não apenas bancos. A foto é de 23 de setembro de 2008, quando o presidente do Federal Reserve e o secretário do Tesouro dos EUA no Congresso sobre seu plano de resgate financeiro.
Mario Tama / Getty Images / AFP
Em 2008, a família do venezuelano Jesús Rodríguez devia US$ 240 mil dólares em pagamentos de um apartamento nos Estados Unidos. O imóvel, no entanto, valia US$ 49 mil. O descompasso foi vivido por muitos americanos naquele ano, marcado pela eclosão de uma crise financeira mundial a partir da explosão da bolha imobiliária nos Estados Unidos.
Nesse cenário, o estopim para a crise de confiança se alastrar foi a quebra do banco Lehman Brothers, que completa 10 anos neste sábado (15). O mercado já vivia dia de temores em relação ao risco de falência das instituições financeiras em meio ao aumento da inadimplência no crédito imobiliário, e o pedido de concordata do Lehman Brothers deu início ao movimento de contágio da crise financeira sobre a economia em Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!