Plantio de soja do Paraná começa mais cedo graças à chuva

É o início mais precoce em pelo menos 5 anos. Estado é o segundo maior produtor de soja do país, atrás de Mato Grosso. Plantio da soja no Paraná em 2017, quando começou a chover mais tarde, o que atrasou também a safrinha de milho
Agência Estadual de Notícias/Divulgação
O plantio de soja da safra 2018/19 do Paraná, segundo produtor da oleaginosa no Brasil, começou nesta semana. Foi o início mais precoce em pelo menos 5 anos, afirmou Departamento de Economia Rural (Deral) do estado nesta nesta sexta-feira (14).
Isso graças às chuvas, que deverão continuar nos próximos dias, com produtores vendo condições de umidade favorável para a germinação do grão.
Um início precoce do plantio da soja é importante para o estado, que tem semeado cada vez mais milho na segunda safra.
“Ano passado, ficamos até 28 de setembro sem chuva. Isso atrasou o plantio e a colheita, e atrasou o plantio da safrinha de milho depois”, disse o economista do Deral, Marcelo Garrido.
Quanto mais cedo o plantio da safrinha, melhor a janela para o desenvolvimento da safra. Se o cereal é plantado mais tarde, fica mais sujeito à falta de chuva ou geadas –este ano, o estado perdeu bons volumes pela seca.
Nos Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!