Lucro da Delta supera previsões com controle dos gastos ajudando a compensar aumento do combustível

Por Tracy Rucinski (Reuters) – A Delta Air Lines anunciou nesta quinta-feira que vai voltar a ter crescimento das margens em 2019, após anunciar um aumento do lucro acima das estimativas devido à forte demanda e controles rígidos de custos, levando as ações a subirem. Com os preços do petróleo perto dos níveis mais altos em quatro anos, a Delta e rivais como a American Airlines e Southwest estão enfrentando um aumento nos custos de combustível que está pesando nos lucros, mesmo com a forte demanda por viagens aéreas. Para combater esse vento contrário, as companhias aéreas aumentaram os preços das passagens, adotaram aviões com consumo menor de combustível e aumentaram as taxas de bagagem. “Nosso ímpeto comercial e melhor trajetória de custos nos dão confiança de que estamos no caminho para entregar expansão contínua da receita e expandir as margens à medida que avançamos para 2019”, disse o executivo-chefe da Delta, Ed Bastian.O lucro líquido subiu para 1,31 bilhão de dólares, ou 1,91 dólar por ação, no terceiro trimestre, ante 1,16 bilhão de dólares, ou 1,61 dólar por ação, um ano antes. Numa base ajustada, a Delta lucrou 1,80 dólar por ação, acima da estimativa média de analistas Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!