Ibama nega licença para perfuração de petróleo na foz do Rio Amazonas

Empresas visam a exploração de blocos de petróleo na foz do Rio Amazonas
Divulgação

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) negou a emissão de licença ambiental para a atividade de perfuração marítima para exploração de blocos de petróleo e gás localizados na foz do Rio Amazonas.

O órgão ambiental afirma que a negativa acontece devido a um “conjunto de problemas técnicos identificados ao longo do processo de licenciamento”. O pedido havia sido feito pela empresa Total E&P do Brasil.

Estados dificultam fiscalização do Ibama em frigoríficos da Amazônia

A presidente do Ibama, Suely Araújo, confirmou o teor de um parecer técnico do instituto, que aponta a existência de “profundas incertezas relacionadas ao Plano de Emergência Individual (PEI) do empreendimento, agravadas pela possibilidade de vazamento de óleo”, situação que poderia “afetar os recifes biogênicos presentes na região e a biodiversidade marinha de forma mais ampla”.

Veja também

Documentário mostra como carne de desmatamento chega até nós
Estados dificultam fiscalização do Ibama em frigoríficos da Amazônia

A conclusão é de que outros problemas identificados pela equipe técnica da Coordenação de Licenciamento Ambiental de Exploração de Petróleo e Gás também não foram sanados em Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!