Guedes incorpora à equipe econômica ministro de Temer e anuncia mais 5 secretários

Esteves Colnago, atual ministro do Planejamento, assumirá como secretário adjunto da Fazenda. Ex-presidente da Anac Marcelo Guaranys será secretário-executivo do Ministério da Economia. O atual ministro do Planejamento, Esteves Colnago, durante audiência na Comissão de Orçamento do Congresso; ele será secretário-geral adjunto da Fzenda no futuro Ministério da Economia do governo Bolsonaro
Marcos Oliveira/Agência Senado
A assessoria do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou neste sábado (8) seis novos integrantes da equipe econômica no governo Jair Bolsonaro.
Entre os indicados, estão Esteves Colnago, atual ministro do Planejamento do governo Michel Temer, e Marcelo Guaranys, ex-diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
Os seis secretários do Ministério da Economia anunciados por Guedes são os seguintes (leia ao final desta reportagem íntegra da nota divulgada pela assessoria do futuro ministro):
Marcelo Guaranys, secretário-executivo
Waldery Rodrigues Júnior, secretário-geral da Fazenda:
Esteves Colnago, secretário-geral adjunto da Fazenda
Paulo Uebel, secretário-geral de Desburocratização, Gestão e Governo Digital
Gleisson Cardoso Rubin, secretário-geral adjunto de Desburocratização, Gestão e Governo Digital
Carlos da Costa, secretário-geral de Produtividade e Competitividade
Outros nomes
Paulo Guedes já havia definido anteriormente outros nomes para a equipe econômica do governo Bolsonaro, em funções como as presidências do Banco Central, Petrobras, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Confira os nomes:
Roberto Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!