Força Aérea coloca à venda 11 caças Mirage sem condições de voo; veja imagens

Aviões são mantidos em Brasília e Anápolis. Licitação oferece lote completo por US$ 508.631,12; ideia é aproveitar peças ou compor coleção. Força Aérea Brasileira coloca à venda 11 caças Mirage
Agência Força Aérea/Cb V. Santos/Divulgação
A Força Aérea Brasileira (FAB) colocou à venda 11 caças – modelo F-2000 Mirage – que compunham a frota nacional até 2013. As aeronaves voavam a até 2.336 km/h, mas estão paradas nos hangares há cinco anos.
Hoje, os aviões são mantidos em duas bases da FAB, em Brasília e Anápolis. A licitação internacional, aberta em 4 de outubro, oferece o lote completo por US$ 508.631,12.
Segundo a FAB, os caças negociados não têm condições de voo – os Mirage 2000 deixaram de operar em dezembro de 2013, substituídos pelos modelos F-5 e, em seguida, pelos caças Grippen.
A Aeronáutica imagina que, mesmo assim, os caças podem suscitar interesse em países que ainda operam com esse tipo de frota – e poderiam “desmanchar” os veículos para aproveitar peças. Os lotes também podem ser disputados por colecionadores da área de aviação, por exemplo.
A proposta vencedora será anunciada em 6 de novembro. Pessoas físicas, empresas e outros governos podem participar da concorrência.
Caças Mirage são mantidos em duas bases da Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!