Facebook diz que hackers roubaram dados de 29 milhões de usuários

Empresa afirma que houve falhas de softwares para roubar “tokens de acesso”, que permitem que as pessoas se conectem automaticamente de volta às suas contas. Facebook está investigando o ataque com o FBI
Ben Margot/AP
O Facebook disse nesta sexta-feira (12) ter confirmado que os hackers que atuaram numa brecha de segurança divulgada no fim de setembro, acessaram as contas de cerca de 29 milhões de pessoas e roubaram nome e detalhes de contato dos usuários da rede social.
A empresa informou no dia 28 de setembro que os hackers haviam roubado códigos de acesso digital, permitindo que assumissem quase 50 milhões de contas de usuários em sua pior violação de segurança de todos os tempos, mas não confirmou, na época, se as informações haviam sido realmente roubadas.
Em nota, a empresa disse que para 15 milhões de pessoas os invasores acessaram dois conjuntos de informações: nome e detalhes de contato, incluindo número de telefone, e-mail ou ambos, dependendo do que os indivíduos tinham em seus perfis.
Para outras 14 milhões de pessoas, os hackers também acessaram outros detalhes incluindo nome de usuário, gênero, localidade/idioma, status de relacionamento, religião, cidade natal, data de nascimento, dispositivos usados ​​para acessar o Facebook, educação, trabalho e Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!