Exportações da China em setembro crescem acima do esperado; superávit com EUA é recorde

Por Elias Glenn e Stella QiuPEQUIM (Reuters) – As exportações da China tiveram o crescimento mais forte do que o esperado em setembro, produzindo um superávit comercial recorde com os Estados Unidos, que pode exacerbar a já tensa disputa entre Pequim e Washington.Analistas disseram que o desempenho dos embarques no mês passado – que pode indicar que tarifas norte-americanas ainda não estão causando muitas dores – é improvável de ser sustentado.Mas os números robustos relatados nesta sexta-feira pela agência aduaneira da China – os últimos da China antes das eleições parlamentares norte-americanas de 6 de novembro – podem gerar uma reação do presidente dos EUA, Donald Trump.As exportações em setembro cresceram 14,5 por cento em relação ao ano anterior, no ritmo mais rápido desde fevereiro, segundo dados da agência. Isso foi bem acima dos 9,8 por cento de agosto e de uma previsão de pesquisa da Reuters de 8,9 por cento.As importações chinesas cresceram 14,3 por cento em setembro, abaixo da alta de 19,9 por cento em agosto e ligeiramente inferior às expectativas de aumento de 15 por cento. O superávit somou 31,69 bilhões de dólares em setembro, contra 27,89 bilhões de dólares em agosto e previsão de saldo positivo Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!