Energisa assume distribuidora da Eletrobras no Acre e prevê investir R$228 mi em 2019

SÃO PAULO (Reuters) – A Energisa assume a partir desta sexta-feira a responsabilidade pela operação da Eletroacre, distribuidora de eletricidade no Acre que antes pertencia à Eletrobras, na qual pretende investir 228 milhões de reais em 2019, afirmou a companhia nesta sexta-feira.O aporte previsto pela Energisa, que venceu leilão de privatização da estatal em agosto, representa mais de quatro vezes o que foi investido pela Eletroacre em 2017 e três vezes os valores desembolsados pela empresa em 2016, segundo o grupo, que agora passa a operar 11 distribuidoras no país.No mês passado, a elétrica já havia assumido as operações da Ceron, empresa da Eletrobras em Rondônia, adquirida no mesmo leilão de privatização realizado pela estatal federal. A Energisa pagou um valor simbólico de cerca de 50 mil reais por cada distribuidora, associado a obrigações de aportes de recursos nas deficitárias empresas e investimentos.O aporte na Eletroacre, previsto no edital da privatização, será de 239 milhões de reais.”Implementaremos, no Acre, um grande programa de transformação e entregaremos uma energia de qualidade ao Estado, permitindo que a economia regional cresça com mais segurança no fornecimento. Nosso objetivo é tornar a Eletroacre uma das melhores do país”, disse em nota o presidente da Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!