Dólar reduz alta ante real após dados fracos de mercado de trabalho nos EUA

Por Claudia ViolanteSÃO PAULO (Reuters) – O dólar reduziu a alta ante o real nesta sexta-feira após os dados do mercado de trabalho dos Estados Unidos mais fracos do que o inicialmente previstos reforçarem de menos aumento nos juros no país em 2019.Fluxo de saída de recursos do mercado local, no entanto, mantinha alguma sustentação para a moeda, na contramão do mercado externo. Às 12:13, o dólar avançava 0,35 por cento, a 3,8888 reais na venda, depois de tocar a máxima de 3,9254 reais. Nas três sessões anteriores, o dólar havia subido e acumulado alta de 0,85 por cento. O dólar futuro tinha valorização de cerca de 0,25 por cento. “O relatório de emprego veio bem abaixo do esperado… A economia (dos EUA) aparentemente não está tão aquecida quanto o mercado tinha entendido, dadas as falas dos representantes do Fed, por isso a estimativa era tão alta”, afirmou o diretor de operações da Mirae, Pablo Spyer.Os EUA criaram 155 mil postos de trabalho no mês passado, ante projeção de 200 mil vagas de economistas ouvidos pela Reuters. O resultado sugere alguma moderação na atividade econômica, o que reforça a expectativa de menos aumentos da taxa de juros pelo Federal Reserve Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!