Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%

Esta é a maior alta para o mês de dezembro desde 2014
Divulgação/Correios

O número de consultas deCPFs (Cadastro de Pessoas Físicas) para vendas a prazo no comércio varejista brasileiro aumentou 2,8% em 2018 na comparação com o ano anterior, aponta o Indicador de Atividade do Varejo, lançado este mês pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes) e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).

Esta é a maior alta para o mês de dezembro desde 2014, quando o aumento foi de 2,2%.

O indicador é um termômetro da intenção de compras a prazo por parte do consumidor e abrange os segmentos de supermercados, lojas de roupas, calçados e acessórios, móveis e eletrodomésticos.

Segundo o SPC Brasil, a taxa confirma a tendência de retomada do varejo, mesmo que o volume das vendas não tenha alcançado patamares anteriores à crise.

Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) do terceiro trimestre de 2018 mostraram avanço de 3,3% no PIB (Produto Interno Bruto) do comércio acumulado de quatro semestres.

“A melhora dos níveis de confiança e o clima de otimismo para uma retomada mais forte da economia ajudaram a impulsionar a atividade varejista.

Mesmo considerando apenas uma parcela das vendas, aquelas feitas Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!