Bunge vê importação de trigo pelo Brasil 11% maior em 2019 após quebra de safra

Por Roberto SamoraSÃO PAULO (Reuters) – O Brasil deverá ampliar importações de trigo em 2019 para 7 milhões de toneladas, ante 6,3 milhões estimadas neste ano, em meio a uma quebra da safra 2018 da commodity, disse nesta sexta-feira o gerente nacional de originação de trigo da Bunge, Edson Csipai.Após problemas climáticos que culminaram com chuvas na colheita, a produção brasileira do cereal foi projetada pela empresa em 5,3 milhões de toneladas em 2018, ante mais de 6 milhões de toneladas na previsão inicial, afirmou o executivo que atua em uma das maiores empresas de moagem de trigo do Brasil.Do volume total previsto, apenas 1,9 milhão de toneladas do cereal deverá ter qualidade para panificação na safra, cuja colheita está caminhando para o final no Brasil, um dos maiores importadores globais de trigo.A alta umidade registrada no Paraná e no Rio Grande do Sul em setembro e em outubro, com chuvas muito acima da média, afetou a qualidade de boa parte da safra, fazendo com que quase 1 milhão de toneladas do produto do país seja destinado para a indústria de ração animal, disse o executivo da Bunge, que tem sete moinhos espalhados pelo Brasil, segundo informação do site da Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!